Monthly Archives: March 2017

Razões para conhecer a Amazônia Brasileira

Estamos cansados de comentar que nós, brasileiros, não conhecemos a Amazônia. Resolvi há algum tempo sair dessa estatística que pouco me orgulhava. Afinal, eu, nascida tão pertinho, não a conhecia.

Não! Não é preciso grandes planejamento ou investimento financeiro para conhecer a floresta, apesar de lá haver opções das mais diversas e para todos os gostos e bol$o$. Diria eu que, um punhado de boa vontade e sorte em encontrar uma promoção de passagem aérea já são mais do que suficientes para se chegar na região Norte do Brasil. E foi isso o que aconteceu comigo.

Em janeiro deste ano (justo quando eclodiu aquele problema carcerário no local, lembra?), passei seis dias, divididos entre Manaus e um hotel de selva no meio da Floresta, mais precisamente nas margens do Rio Juma. E, sim, eu fui sozinha!

Vivi uma das mais incríveis experiências da minha vida por lá e aqui estão algumas das razões pelas quais eu recomendo fortemente incluir Manaus e região nos próximos roteiros de viagem:

1) A chegada na capital Amazonense é uma das mais incríveis que meus olhos já viram.

Reparem no mundaréu de água doce

Reparem no mundaréu de água doce

2) Manaus é bastante rica em cultura e história. Esta cidade, por exemplo, foi a primeira capital a ter energia elétrica no Brasil. Andando por suas ruas e praças, é fácil perceber os prédios históricos coloridos a enfeitar ainda mais o lugar.

Vista do Largo de São Sebastião. a partir do Teatro Amazonas.

Vista do Largo de São Sebastião. a partir do Teatro Amazonas.

 3) Manaus é cheia de arte urbana, especialmente o grafite. A cada esquina é possível encontrar murais com referência à cultura indígena.

4) Vale a pena experimentar a culinária local. Eu gostei bastante do x-caboquinho, sanduíche recheado com queijo coalho e tucumã, uma fruta da região bastante rica em vitaminas A, B e C. Dizem que ela tem 90 vezes mais vitamina A que o abacate. 😮

Salivei! :p

Salivei! :p

5) Você tem a possibilidade de conhecer e se conectar um pouco mais com as suas origens, como por exemplo, visitando reservas indígenas.

Visitando uma reserva indígena próximo a Manaus

Visitando uma reserva indígena próximo a Manaus

6) É possível viver experiências na selva de forma segura e organizada (vou escrever mais sobre num próximo post), e sem pagar muito por isso.

Contemplando o nascer de um novo dia no meio da Floresta Amazônica

Contemplando o nascer de um novo dia no meio da Floresta Amazônica (eu de chapéu e blusa amarela) \o/

 7) São várias as surpresas ao longo do caminho. A Amazônia é superlativa.

Encontro casual ;)

Encontro casual ;)

8) Na região, o intercâmbio cultural é intenso.

Na foto, temos: brasileiros, uruguaio, iraniano, chinesa e guianense

Na foto, temos: brasileiros, uruguaio, iraniano, chinesa e guianense